Denis Strum

DS

Como definir uma persona para o ecommerce

persona para o ecommerce

Como definir uma persona para o ecommerce

Denis Strum

Denis Strum

Diretor da vertical de negócios Infradigital, da Infracommerce.

Como Definir uma Persona para o E-commerce

Imagine que você tem uma loja online. Você investe tempo e recursos no design do site, na seleção de produtos de qualidade e em estratégias de marketing. No entanto, mesmo com todos esses esforços, você percebe que suas vendas não atingem todo o potencial esperado. Por quê? A resposta pode estar na falta de compreensão sobre quem são seus clientes reais.

No mundo do Marketing Digital, a chave para o sucesso de qualquer negócio reside na compreensão profunda do seu público-alvo. No entanto, simplesmente conhecer características demográficas e comportamentais pode não ser suficiente para direcionar suas estratégias de maneira verdadeiramente eficaz. É aqui que entra em cena a importância da ‘persona para o ecommerce’. Neste artigo, mergulharemos fundo na definição da persona e revelaremos como criar uma persona de forma altamente eficaz. Prepare-se para descobrir como essa ferramenta pode estabelecer uma conexão genuína e duradoura com os seus clientes, impulsionando o sucesso do seu negócio online.

O que é persona?

Trata-se de uma representação semi fictícia do cliente ideal. Não é um personagem real, porém suas características são baseadas em informações verdadeiras. Sendo assim, a persona busca entender os interesses, comportamentos, desafios e objetivos do seu público.
A criação da persona ajuda a estabelecer uma comunicação mais efetiva e direcionada, garantindo que as mensagens e ações do e-commerce sejam relevantes e atrativas para o público certo, aumentando as chances de sucesso nas ações de marketing e conquistando a fidelização dos clientes.

Analisando os dados

Antes de criar o perfil da sua persona, é necessário estudar a fundo sobre as principais características e padrões comportamentais das pessoas que acompanham a sua marca. Dessa forma, você deve analisar:
Dados demográficos: o primeiro passo envolve analisar a idade, gênero, localização geográfica, estado civil e nível de escolaridade de quem acompanha a sua marca;
Comportamentos e interesses: essa etapa envolve identificar os hobbies, preferências de compra, sites que costumam visitar, redes sociais que utilizam e quais tipos de conteúdo consomem;
Desafios e objetivos: quais são os principais problemas que ela enfrenta e como seu e-commerce pode ajudá-la a resolvê-los? Quais são os objetivos que ela busca alcançar ao adquirir produtos ou serviços online?

Criando o perfil do público alvo

Com todos os dados coletados, é a hora de criar persona. Dê um nome fictício para ela e faça uma descrição detalhada que englobe todas as informações que você levantou. Isso facilitará a visualização e entendimento de quem é seu cliente ideal. Abaixo, veja um exemplo:
Marina Reis é uma designer de interiores de 30 anos, que vive uma vida moderna e criativa. Ela busca se expressar através do seu estilo e valoriza roupas que sejam confortáveis, mas sem abrir mão da estética. Marina aprecia arte contemporânea, música indie e viagens.
Ela se identifica com o estilo urbano, procurando peças que reflitam sua personalidade descontraída. Além disso, Marina é uma consumidora consciente e busca marcas que sejam sustentáveis e éticas em suas práticas. Para ela, estar atualizada nas últimas tendências da moda é importante, mas sem comprometer seus valores ecológicos.

Validando a Persona

Após criar persona, é importante validar suas suposições por meio de pesquisas e análise de dados. Faça pesquisas de mercado, entrevistas com clientes reais e estude o comportamento do seu site e redes sociais. Isso ajudará a confirmar se sua persona está alinhada com o público que você realmente deseja atingir.
Com a persona definida e validada, é hora de adaptar as suas estratégias de marketing. Utilize o perfil criado para direcionar as campanhas de marketing, a escolha dos canais de comunicação, a linguagem utilizada e até mesmo o design do seu e-commerce.
E lembre-se sempre de que quanto mais personalizada for a experiência do cliente, maior será a probabilidade de sucesso nas suas campanhas!

Desvendando a Persona para o Seu Ecommerce: Conheça Seu Cliente Ideal!

Você deseja aprimorar suas estratégias de marketing no seu e-commerce? A resposta está em conhecer a fundo a sua persona. Vamos explorar as principais estratégias para coletar informações valiosas e criar o retrato detalhado do seu cliente ideal.

1. Estude Seus Concorrentes

Uma maneira valiosa de conhecer melhor seu potencial comprador é mergulhar no seu nicho de mercado. Identifique seus principais concorrentes e analise como eles se aproximam do público. Com quem eles estão conversando? Como estão interagindo com os clientes? Qual é o perfil dos clientes que mais se envolvem com suas marcas? Esses são insights cruciais que você pode observar nas táticas da concorrência.

Além disso, explore grupos online em seu nicho. Observe os tópicos em discussão, analise o perfil dos membros e descubra suas preocupações e preferências. Por exemplo, se você gerencia uma loja virtual de alimentos veganos, fóruns dedicados a essa alimentação podem ser uma mina de ouro de informações.

2. Analise Sua Base de Dados

Aproveite ao máximo sua base de dados existente para obter informações valiosas sobre sua persona. Analise os perfis dos clientes registrados em seu site e utilize ferramentas gratuitas para complementar seus dados.

O Google Analytics, por exemplo, pode ser integrado ao seu e-commerce e fornece dados importantes sobre quem visita e compra em sua loja, incluindo idade, gênero e localização.

O Facebook Insights é outra ferramenta poderosa, revelando informações detalhadas sobre os usuários que se envolvem com sua página no Facebook, desde dados demográficos até interesses pessoais.

3. Entre em Contato com Seus Clientes

Este é um dos passos mais cruciais na criação da persona do seu e-commerce. Ninguém conhece melhor seus consumidores do que eles próprios. Uma maneira eficaz de fazer isso é enviando um questionário por e-mail para sua base de clientes e leads, com perguntas relevantes para conhecer suas necessidades.

No entanto, lembre-se de manter o questionário conciso para não sobrecarregar os respondentes. Questões sobre informações pessoais, profissionais, hobbies, interesses, hábitos de compra, desafios e objetivos são fundamentais.

Para incentivar a participação, considere oferecer um benefício, como um cupom de desconto exclusivo.

Aproveite cada interação com seu público, seja no atendimento ao cliente ou nas redes sociais, para aprofundar sua compreensão sobre o comportamento e as necessidades de sua persona.

Com as informações coletadas, é hora de consolidar os dados e identificar as principais semelhanças entre seu público, criando o perfil detalhado da persona. Dependendo do seu negócio, pode ser necessário criar mais de uma persona, especialmente se você atende a diferentes perfis de consumidores. No entanto, concentre-se em algumas personas para direcionar eficazmente suas estratégias. O segredo está em conhecer profundamente seu cliente ideal e adaptar suas ações de marketing de acordo com esse entendimento.

Tome Cuidado! Entenda bem a Persona para o Ecommerce

A confusão entre a concepção da persona e o desejo de tê-la é bastante comum. Da mesma forma, pode ocorrer a confusão entre a preferência pessoal e a representação real da persona.

No primeiro caso, é essencial investigar se o público que você deseja atingir é de fato aquele que consome seu conteúdo ou seus produtos. Por exemplo, se você está criando conteúdo para jovens adultos interessados em tecnologia, é importante garantir que sua persona represente esse grupo demográfico específico e seus interesses. No segundo caso, é crucial distinguir entre o seu gosto pessoal e a eficácia da representação da persona. No cenário hipotético, você pode ter uma afinidade pessoal com um influenciador específico, mas é fundamental avaliar se essa conexão pessoal se traduz em uma conexão genuína entre o influenciador e sua marca ou negócio. Concentre-se em parcerias que possam agregar valor e autenticidade à sua marca, mesmo que não correspondam necessariamente às suas preferências individuais.

_______________________________________________________________________

Aprofunde no conteúdo:

Entenda como Persona e ICP são importantes para diminuir seu custo de aquisição

Entenda  Por que entender sua audiência pode ser a chave para o crescimento do seu negócio

Categorias

Últimos artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *