Denis Strum

DS

Dicas de ferramentas para teste de usabilidade

  • Home
  • Artigos
  • Dicas de ferramentas para teste de usabilidade
Teste de Usabilidade

Dicas de ferramentas para teste de usabilidade

Denis Strum

Denis Strum

Diretor da vertical de negócios Infradigital, da Infracommerce.

Dicas de ferramentas para testes de usabilidade mais assertivos

 

Imagine que você está montando uma loja online de eletrodomésticos e tem que colocar o site no ar, o mais rápido possível. Só que sua equipe de criação está tão imersa no projeto, que não parou para verificar a parte mais importante: a visão de quem vai utilizá-lo, o cliente. É em um momento como este que o teste de usabilidade deve entrar em cena.  

Entendendo o que é o teste de usabilidade

Na verdade, o teste não precisa ser aplicado somente em uma situação como a descrita acima. Ele pode acontecer antes mesmo do esboço do seu e-commerce, tendo a concorrência como base. Como também, pode rodar depois que a loja já foi lançada, para entender o motivo de determinada função não estar performando tão bem e fazer as atualizações necessárias.

Portanto, o teste de usabilidade é uma técnica de pesquisa que avalia a funcionalidade de um produto ou serviço, que no nosso caso é um portal de vendas. Essa testagem deve ser comandada por um especialista, normalmente um UX Designer, que vai delegar tarefas para um grupo de pessoas, representantes do público-alvo. Assim, o objetivo principal é enxergar a interação do consumidor com a sua loja virtual, a fim de melhorar a experiência do cliente. 

O processo, então, é aplicado presencialmente ou de forma remota. Além disso, ele pode ser acompanhado por um responsável (teste moderado) ou pode ser feito sem supervisão, deixando o usuário sozinho durante o teste (não moderado).   

Está em dúvida? Comece analisando dados 

O Google Analytics, em si, pode ser utilizado como um guia para aprimorar essa experiência. A partir dele, pode-se observar fatores que apontam a usabilidade do site, como o fluxo de navegação de cada página, o volume de visitantes ou o temido ponto onde o cliente troca seu e-commerce pela concorrência, por exemplo. 

Mesmo partindo dessa análise inicial dos dados, há ferramentas específicas da área de criação, que fornecem um suporte mais efetivo para a equipe de design. Abaixo, listamos as principais plataformas para conduzir os testes de usabilidade.

4 ferramentas para teste de usabilidade

1 – MarvelApp: 

Com a plataforma, é possível criar protótipos de sites ou aplicativos para qualquer dispositivo, e validar suas funcionalidades. Aqui, o teste de usabilidade pode ser aplicado presencial ou remotamente, apenas compartilhando o link do projeto. É possível guiar e monitorar o cliente nas tarefas, ao mesmo tempo em que a equipe envolvida acompanha o processo. A ferramenta ainda fornece dados de mapas de calor, que ajudam a entender o caminho que o consumidor percorre dentro da loja online. 

O Marvel App tem desde a versão gratuita, que permite que o designer realize um teste de usabilidade, até as opções para equipe (a $18 dólares por mês) e para empresas (valor a consultar). Confira https://marvelapp.com/user-testing 

2 – Maze Design:

Já o teste de usuário do Maze Design disponibiliza relatórios instantâneos e fornece os resultados em questão de horas. Com modalidade de aplicação remota, pode-se testar desde sites na fase de pré-desenvolvimento, até a criação de protótipo para qualquer dispositivo, fornecendo insights da experiência do usuário.

O plano gratuito permite a elaboração de três projetos e um número ilimitado de colaboradores. Há ainda o pacote profissional ($25 dólares por mês) e outro voltado para organizações (valor a consultar). Conheça https://maze.co/ 

3 – User Testing: 

O destaque da User Testing é que ela tem a opção de testes para aplicativos mobile, como também, para outros protótipos. Durante o processo, é possível interagir com o cliente e guiar as tarefas ao vivo. Ao fim, é gerado um relatório, em vídeo e texto, com a navegação do cliente dentro da sua loja online. O documento, com reações e comentários do usuário, fica disponível em cerca de uma hora, retornando resultados rápidos. 

A ferramenta tem três tipos de planos: essencial, para o início da interação com o cliente; avançado, para trabalhos em equipe; e final, com recursos direcionados para empresas. Os valores devem ser confirmados direto com a plataforma https://www.usertesting.com/ 

4 – Hotjar: 

Para fechar a lista, apresentamos a Hotjar. O recurso traz dados analíticos de comportamento do usuário através de mapas de calor, gravações de sessões para testes assistidos, mapas de cliques, caixas de feedback do cliente e outras funcionalidades. Ela ajuda a completar informações, vindas do Google Analytics por exemplo, para entender o que pode ser feito para melhorar as conversões do seu e-commerce.  

O Hotjar oferece desde o pacote gratuito, com três pesquisas de cliente e três mapas de calor, até o pacote para grandes empresas (de $389 dólares por mês). Saiba mais https://www.hotjar.com/tour/ 

É importante destacar que os dados levantados pelos testes precisam ser analisados e interpretados, para se transformarem em ações efetivas na sua loja virtual. Como também é válido realizar entrevistas pós teste com os clientes que participaram da atividade, para evoluir cada vez mais a metodologia de pesquisa.

Gostou das nossas dicas de ferramentas de usabilidade? Faltou alguma plataforma que você acha essencial? Conte aqui, nós adoramos essa troca de experiências!


Explore mais o conteudo sobre teste de usabilidade:

Leia aqui sobre como usar o Teste A/B no seu dia a dia.

Leia aqui e entenda mais sobre a sua audiência e como ela vai te ajudar a vender mais.

 

Categorias

Últimos artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *